Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade, recomendar conteúdo de seu interesse e otimizar o conteúdo do site. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Confira nossas Políticas de Privacidade e Termos de Uso, clique aqui.

O jornal que todo mundo lê
Publicidade
Fatos e Fotos
19/03/2021 - 11h02
Hoje é 150º aniversário da declaração de São José como Padroeiro Universal da Igreja Católica
Foto: Reprodução/ Google Maps.


O Papa Francisco declarou, através da Carta Apostólica Patris Corde, que este ano (de 08/12/2020 a 08/12/2021) seria dedicado ao São José, por este ser o 150º aniversário da proclamação do santo como Padroeiro Universal da Igreja pelo Papa Pio IX. A data ainda tem como objetivo aumentar o amor por este santo e para fazer com que os católicos se sintam impelidos a implorar a sua intercessão e imitar suas virtudes e seu desvelo.

Portanto, para homenagear e também entender melhor essa comemoração, a redação do Jornal Gazeta conversou com o Administrador Paroquial da Paróquia São José de Patrocínio, Frei Padre Romero José da Silva, que esclareceu algumas dúvidas.

Frei Padre Romero José da Silva assumiu a administração paroquial da Paróquia São José dia 10 de janeiro deste ano, em meio à pandemia provocada pela Covid-19, e pontuou que este momento tem exigido muito cuidado com a saúde e com o próximo, o que faz com as atividades fiquem praticamente paradas, no entanto, ele continua esperançoso por tempos melhores.

“Ao mesmo tempo, estou muito confiante e esperançoso diante desta nova missão a mim confiada. Estou gostando muito da paróquia, da cidade e da convivência com os irmãos e irmãs, mesmo que limitada por causa do isolamento social. Espero, com a graça de Deus e ajuda dos irmãos e irmãs, poder fazer um bom trabalho na paróquia”, afirmou.

Confira:


Gazeta – Em poucas palavras, quem foi São José?

Frei Padre Romero José da Silva - São José, foi um homem justo (Mt 1, 19), sempre pronto a cumprir a vontade de Deus manifestada na sua Lei (cf. Lc2, 22.27.39) e através de quatro sonhos (cf. Mt1, 20;2, 13.19.22). Depois de uma viagem longa e cansativa de Nazaré a Belém, viu o menino Jesus nascer num estábulo. Foi um humilde carpinteiro (cf. Mt 13,55). E desposado com Maria (cf. Mt1, 18; Lc1, 27). E, por fim, o pai amado e terno, obediente acolhedor de Jesus.


Gazeta – Qual a importância de São José para a Igreja Católica?

Frei Padre Romero José da Silva - São José tem uma importância toda especial para a Igreja. Pois é um Santo muito querido pelos católicos, pai protetor, trabalhador, amigo, humilde, simples e que nos inspira a viver a comunhão familiar e fraterna em Cristo Jesus. São José ofereceu a Jesus a grande herança: ser o Messias, o Filho de Davi. Há 150 anos foi declarado, pelo Beato Pio IX a 8 de dezembro de 1870, como Padroeiro Universal da Igreja Católica, o Venerável Pio XII apresentou-o como o Padroeiro dos operários e São João Paulo II, como Guardião do Redentor. O povo invoca-o como padroeiro da boa morte. São vários os títulos que nos ajudam a venerar o Santo e tê-lo como referência na vivência do cuidado e da fé.


Gazeta - São José é o Santo protetor de quê?

Frei Padre Romero José da Silva - Ele é considerado o protetor dos trabalhadores, protetor da Igreja e das famílias.


Veja também:

O cuidado de sua saúde começa pela boca

Novos cursos na área de tecnologia e inovação são ofertados pelo Uaitec

Dia Mundial de Combate ao Câncer

Secretaria de Educação realiza capacitações sobre ferramentas digitais


Gazeta – Qual é a importância do ano de São José para os católicos?

Frei Padre Romero José da Silva - São José teve um papel fundamental na história da salvação. É um pai que foi sempre amado pelo povo cristão, como prova o fato de lhe terem sido dedicadas numerosas igrejas por todo o mundo; de muitos institutos religiosos, confrarias e grupos eclesiais se terem inspirado na sua espiritualidade e adotado o seu nome. Em todo o manual de orações, há sempre alguma a São José.

São-lhes dirigidas invocações especiais todas as quartas-feiras e, de forma particular, durante o mês de março inteiro, tradicionalmente dedicado a ele. Os católicos têm uma grande confiança em São José com a expressão valei-nos São José. Por isso, a importância do ano de São José para os católicos, momento de buscar inspirações nas suas virtudes e exemplos para o incremento da fé e da responsabilidade evangélica na superação das dificuldades atuais.


Gazeta – Quais ações serão realizadas para comemorar o ano de São José?

Frei Padre Romero José da Silva - Dentro daquilo que é possível, diante da realidade pandêmica que estamos vivendo, organizamos a novena de São José para ser rezada pelas famílias, tanto virtualmente como através de um folder impresso com as orações e os nove dias da novena. Rezaremos a missa festiva do dia do santo, transmitida pelo canal do YouTube e Facebook da paróquia.

Há uma proposta de celebrar todos os dias 19 de cada mês, na matriz de São José, fazendo memória ao dia do santo. Aquisição de camisetas com a imagem de São José com o objetivo de homenagear o santo e divulgar cada vez mais sua devoção.


Gazeta – E qual mensagem gostaria de deixar para os nossos leitores?

Frei Padre Romero José da Silva - Na nossa vida, muitas vezes sucedem coisas, cujo significado não entendemos. E a nossa primeira reação, frequentemente, é de desilusão e revolta. Diversamente, José deixa de lado os seus raciocínios para dar lugar ao que sucede e, por mais misterioso que possa aparecer a seus olhos, acolhe-o, assume a sua responsabilidade e reconcilia-se com a própria história. Se não nos reconciliarmos com a nossa história, não conseguiremos dar nem mais um passo, porque ficaremos sempre reféns das nossas expectativas e consequentes desilusões.

A vida espiritual que José nos mostra, não é um caminho que explica, mas um caminho que acolhe. Só a partir deste acolhimento, desta reconciliação, é possível intuir também uma história mais excelsa, um significado profundo. Precisamos dar significado àquilo que vivemos, aquilo que buscamos para dar um verdadeiro sentido a nossa existência.

Assim José fez, dando amplo sentido e significado a sua vida como pai nutrício de Jesus, o esposo amoroso da Virgem Maria, o chefe exemplar da sagrada família, o exemplo de fidelidade e obediência, o espelho da paciência, o modelo dos operários, o protetor da santa Igreja e o consolo dos enfermos.
Só nos resta implorar, de São José, a graça das graças: a nossa conversão. Então, dirijamos-lhe a nossa oração:

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho; em vós, Maria depositou a sua confiança; convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem, e defendei-nos de todo mal. Amém!


Oração a São José

A vós São José recorremos na nossa tribulação, e depois de ter implorado o auxílio da vossa Santíssima Esposa, cheios de confiança, solicitamos o vosso patrocínio.

Por esse laço sagrado de caridade que vos uniu à Virgem Imaculada Mãe de Deus, e pelo amor paternal que tivestes para com o Menino Jesus, ardentemente suplicamos que lanceis um olhar benigno à herança que Jesus Cristo conquistou com o seu Sangue, e nos assistais, nas nossas necessidades, com o vosso auxílio e poder.



Publicidade

no Facebook