O jornal que todo mundo lê
Publicidade
Saúde
17/09/2019 - 12h17
Secretaria de Saúde tranquiliza população em relação ao Sarampo
Até o momento surgiu apenas um caso suspeito em Patrocínio
Foto: Reprodução.

Por Ascom PMP

Minas Gerais entrou para a lista do Ministério da Saúde de Estados com surtos de sarampo, mas a Secretaria Municipal de Saúde de Patrocínio acalma a população quanto à proliferação da doença.  Foi ressaltado pela pasta que na cidade a situação é tranquila, embora esteja sendo monitorada em todos os níveis, além das Unidades Básicas de Saúde oferecendo a dose de vacina contra a doença.

Caso Suspeito

As informações são do Secretario Humberto Donizete Ferreira (Bebé), adiantando que semana passada surgiu um caso suspeito na cidade aguardando confirmação da Fundação Ezequiel Dias. Trata-se de uma mulher de 30 anos que no Rio de Janeiro manteve contato com infectados e retornou a cidade com os sintomas.

“Ela, juntamente com os familiares receberam a cobertura vacinal e é mantida em isolamento em casa, até a confirmação ou não”, explica o Secretário.  Ele adianta que a única forma de prevenção é a vacinação, sendo prescrita uma dose zero para crianças de 06 meses a 01 ano; de 01 a 30 anos duas doses; de 31 a 49 anos uma dose e duas doses para todos os profissionais de saúde. “Recebemos na última sexta-feira mais um lote de vacinas que já foram colocadas a disposição de toda a população alvo”, adiantou Ferreira.

Minas Gerais

Minas Gerais entrou para a lista do Ministério da Saúde de Estados com surto por causa de sarampo. Além de Minas, o Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul também passaram a fazer parte dos 16 Estados do Brasil que registram surto ativo da doença. Ao todo, são 3.339 casos confirmados de sarampo no Brasil, segundo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde.

Em Minas, o último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado na quarta-feira (11) mostrou que há 18 casos confirmados de sarampo e 288 em investigação. Dos 18 casos confirmados em 2019, quatro aconteceram no primeiro trimestre do ano e são de moradores de Belo Horizonte, Contagem e Betim, essas duas na região metropolitana da capital.

Outros dez casos foram confirmados em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, e outros quatro casos foram registrados em Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira. Algumas pessoas importaram a doença de São Paulo, onde há surto de sarampo, ou da Europa.





Confira Também


Publicidade

no Facebook